Tudo sobre a rotina nas escolas de formação



Fala combatente!


Muitos de vocês têm dúvidas e receios sobre a rotina que terão em uma escola de formação militar, de como é o dia a dia de um aluno ou cadete. Bom, é disso que vamos falar aqui.


Obviamente existem algumas diferenças de horários e rotinas em cada escola de formação, que segue um planejamento didático e estabelecido pelas Forças Armadas e MEC. Logo, os alunos da EEAR possuem alguns horários diferentes dos alunos da ESA e da ESPCEX, bem como os cadetes da AMAN também possuem se comparados com os cadetes da AFA ou aspirantes da Escola Naval.


Ainda assim, existem algumas atividades que são comuns para todas as formações militares. Falarei dessas por aqui para já te deixar ciente de como será seu dia-a-dia após ser aprovado em um concurso militar.


A primeira coisa que você deve saber é que as escolas de formação militares funcionam em regime de internato. O internato militar é o período de imersão no qual alguém deixará a vida civil para se tornar um militar; um momento de adaptação ao cotidiano da caserna e todas suas atividades típicas. A ideia principal é que, através desse período, a pessoa esteja familiarizada com os valores sólidos das Forças Armadas e tenha adquirido uma mentalidade forte, que serão importantes por toda a carreira e vida pessoal.


Os militares em internato receberão moradia, alimentação e assistência hospitalar, devendo cumprir seus deveres com rígidos horários, saída somente aos finais de semana, atividades físicas diárias, aulas teóricas e instruções práticas diurnas e noturnas.


A rotina nas escolas começa bem cedo, com a manutenção dos alojamentos, higiene pessoal e formatura antes da primeira refeição.


A alimentação é dividida em café da manhã, almoço, janta e ceia.


Todos os dias o quadro de horários marcará algum momento para a atividade física, que poderá ser realizada em tropa para corridas ou marchas; ou individual em algumas situações.


A divisão das atividades segue, mais ou menos, conforme o padrão da tabela abaixo:




As liberações aos finais de semana funcionam como uma concessão aos alunos. Ou seja, caso você esteja punido, de serviço ou tenha algum outro motivo, poderá perder o licenciamento e deverá permanecer na instituição.


E por falar em serviço, as escolas de formação também possuem escalas a serem cumpridas, que variam muito entre as escolas, mas vão desde plantões para guardarem os alojamentos até serviços armados de segurança das instalações.


Além disso, os alunos também precisam realizar provas que variam conforme a formação e especialização e que irão compor a nota de classificação dentro da turma. Essa nota serve para que , ao final da formação, cada um escolha a cidade e a Unidade (quartel) em que irá servir, por ordem de colocação.


O importante é que você saiba que sua rotina depois de ser aprovado será intensa, porém cada segundo valerá a pena.


Para te ajudar a se preparar desde já, o Elite Mil conta com mentorias semanais diretamente com militares especializados no comportamento humano e alta performance. Eles vão preparar você HOJE para ter uma rotina focada que te direcione 100% ao caminho da aprovação.


Assista o vídeo abaixo e conheça por dentro da plataforma do Elite Mil. Você entenderá porque nossa Tropa poderá te guiar até sua aprovação.



Clique aqui e conheça nossos cursos.


Fé na missão!

2 comentários