QUE BURRICE! Por Danilo Cacavo, Mentor da Equipe Elite Mil.

Certa vez um candidato comentou: “sou muito burro, geometria não entra na minha cabeça!”. No mesmo momento, lembrei-me do processo de formação de crenças e o quanto isso é importante para quem quer conquistar algo, seja lá o que for.

Se você quer explorar todo o seu potencial e atingir coisas que jamais pensou, terá que analisar, de maneira racional e consciente, o conjunto de crenças que norteiam a sua vida e te levam à pensar e tomar certas decisões.

Crença é um conjunto de informações armazenadas no seu cérebro que produzem determinados comportamentos. Diante disso, se você possui uma crença onde as informações são limitadoras e comunicam incapacidade, adivinhe só os resultados!

Por outro lado, se suas crenças são fortalecedoras e comunicam capacidade, você começa a agir, mesmo que de forma imperceptível, de acordo com elas e, dessa forma, constroi ótimos resultados.


A questão é que essas crenças foram formadas ao longo de toda sua infância e adolescência, contudo você pode prestar atenção nelas a partir de agora e começar um processo de reprogramação. Quer saber como? Mude sua COMUNICAÇÃO!

Sim, somos seres linguísticos e a comunicação forma nossos padrões de crenças. Embora reprogramá-las seja um processo um pouco mais complexo, você pode desde já mudar alguns padrões comportamentais gerados por essas crenças simplesmente prestando atenção ao que você fala.


Todas às vezes em que você se pegar comunicando algo sobre incapacidade ou dificuldade para si mesmo, interrompa na mesma hora e diga algo no sentido contrário.

Por exemplo, diante de uma questão difícil você começa a não ver solução e diz coisas como: “Nossa, vá ser burro assim..!” ou “ah, isso não é pra mim mesmo” (lembre-se que quanto mais você repetir esses padrões, mais suas conexões neurais agirão de acordo com isso). Nesse momento, pare e repita 3x em voz alta: “calma, eu vou achar a solução” e resolva acreditar nisso por mais que naquele momento você ainda não a encontre. Volte depois com esse padrão de pensamento e tente novamente. O importante é não permitir a comunicação negativa.


Caso você perceba a comunicação limitadora em forma de pensamento, imagine ouvir uma grande voz e ver uma placa enorme e brilhante em sua cabeça escrita: “CANCELADO, CANCELADO” e a partir daquele momento, determine que todas as vezes que esse tipo de pensamento aparecer, a placa também aparecerá em sua mente. Aproveite e repita a comunicação positiva da mesma maneira como descrito acima. Com a repetição, tudo isso se tornará automático.


A partir de agora cuidado com as “historinhas” que você anda contando e com as “brincadeirinhas” que você anda fazendo sobre sua “burrice”. Pare de aceitar o que te limita como algo normal. NÃO PRECISA SER ASSIM! Você será do jeito que você ACREDITAR que é! É assim que seu cérebro funciona.


E aí, que fichas caem?


Se você quiser ter um contato mais próximo comigo, me fazer perguntas e acompanhar a rotina do meu dia-a-dia, não esquece de me seguir lá no Instagram: @danilocacavo


BRASIL ACIMA DE TUDO!

DEUS ACIMA DE TODOS!

FÉ NA MISSÃO!