Quantas horas você deve estudar por dia para ser aprovado em um concurso militar?

Sem dúvida alguma essa é uma das perguntas que recebo com maior frequência dos jovens que me acompanham nas redes sociais e que se preparam para enfrentar os principais concursos públicos militares do país. Neste post quero compartilhar com você algumas informações para que você encontre qual a melhor carga horária que se encaixa para a sua realidade, pois, já adianto que não existe uma fórmula, um número mágico que fará com que os seus estudos sejam eficientes e aumentem as chances de você obter a sua aprovação.


Pode ser que você pense que "quanto mais, melhor" ou que "não adianta quantidade se não tiver qualidade" ou ainda "que deve estudar até os olhos sangrarem", algo que falo, de maneira figurada e bem humorada para os alunos, porém, saiba que tudo, absolutamente tudo depende, não existe uma resposta universalmente correta.


Então vamos entender um pouco esse "depende" que todos nós odiamos receber como resposta:


A quantidade de horas que você deve estudar vai depender:


1 - Da sua disponibilidade de horários:


Afinal, pode ser que você precise estudar 8 horas por dia, mas só tenha 4 horas disponíveis por conta, por exemplo, do seu trabalho. E aí, você vai desistir ou vai adaptar-se para encontrar uma solução que não te impeça de alcançar os seus objetivos? Eu te aconselho a não desistir, afinal, existem milhares de casos de pessoas que superaram as maiores dificuldades em suas vidas e alcançaram a sua aprovação através de muita abnegação e sacrifícios. Dá uma olhada nesse vídeo que fiz com algumas dicas para você que precisa conciliar o trabalho com os estudos (CLIQUE AQUI).


Se você possuir muita disponibilidade de tempo, se tem o apoio financeiro dos seus pais para se manter enquanto se dedica aos estudos, ótimo! Porém, o seu maior desafio vai ser o de ORGANIZAR o seu tempo, pois, às vezes, ter tempo demais pode ser um problema. Portanto, se esse é o seu caso, você precisa definir muito bem os seus horários, organizar a sua vida dentro de um quadro-horário para que a todo momento saiba o que exatamente deve estar fazendo e, dessa forma, não fique perdido no tempo.


2 - Da sua base nos estudos:


Se você teve uma péssima base (como eu e a maioria dos alunos deste país) certamente demandará mais tempo para absolver os conteúdos, isso é absolutamente natural e esperado. Aliás, muitos alunos que possuem uma base ruim tem a fantasia em suas mentes de que irão corrigir anos de uma educação ruim em apenas algumas semanas e, ao perceberem que isso não vai acontecer, ficam frustrados e, na maioria das vezes, desistem. Entenda uma coisa: aprender requer tempo, persistência e muita paciência!! E isso á ainda mais verdadeiro e forte quando se trata de corrigir uma base ruim de estudos, em que o aluno precisa construir toda a sua base praticamente do zero. Portanto, calma, muita calma, combatente. A melhor coisa para você, para otimizar o seu tempo, é procurar auxílio, pois, muitas vezes, aquilo que você demoraria horas para aprender poderá ser assimilado em poucas horas com a ajuda de um amigo, professor, ou um material didático melhor. É possível estudar sozinho e ser aprovado? Sim, totalmente possível! Porém, dentro das suas possibilidades, entenda que, para se tornar um estudante mais eficiente e otimizar o seu tempo, contar com o apoio de alguém pode ser fundamental.


Por outro lado, se você já possui uma boa base de estudos, se foi um bom aluno no colégio, se já vem estudando há alguns anos com o foco no concurso público que vai realizar, muito provavelmente terá muito mais facilidade em adquirir novos conhecimentos, fazer questões, simulados, etc. Desse modo, os seus estudos serão mais eficiente e até mais prazerosos. Isso quer dizer que você pode estudar menos horas? NÃO, absolutamente não! Estude pelo máximo possível que você conseguir e tiver disponibilidade, sem comprometer a qualidade, focando na prática exaustiva de exercícios e naquilo que você tem mais dificuldades (não cometa o erro de focar somente naquilo que gosta e/ou tem mais facilidade).


3 - Da sua experiência como estudante:


Você acha que conseguiria hoje correr 50 km? Provavelmente não, não é mesmo? Por que não? Provavelmente a resposta é que você nunca fez isso, não está acostumado, não está treinado, não é? Pois bem. E por que cargas d'água você imagina que irá iniciar os seus estudos do zero e na primeira semana já estará estudando 12 horas por dia? O raciocínio é mesmo da corrida, combatente! Não adianta sair por aí tentando fazer aquilo que você não está acostumado.


Se você está começando agora, comece devagar, com 2-3 horas por dia, que podem ser distribuídas de uma forma não tão abrupta em sua rotina. Depois disso, vá se adaptando e aumentando com o tempo. Pode ser que você perceba, por exemplo, que rende mais pela noite do que pela manhã, ou o contrário. Ou que prefere estudar primeiro as matérias de humanas e que tem mais dificuldade em exatas... enfim, você começará a se conhecer e a adaptar-se de acordo com as suas possibilidades e necessidades. Não adianta começar a 200 km/h, pois passar em um concurso público não é uma corrida de 100 metros, mas sim uma maratona!


Ou seja, espero que tenha ficado claro para você que não existe uma quantidade ideal de horas, um número mágico que vai te fazer passar. Agora, verdade seja dita aqui: a maioria dos candidatos que foram aprovados em concursos militares estudaram muito, muito mesmo. Eu, por exemplo, estudava de segunda a sábado uma média de 8-12 horas líquidas por dia. Isso não quer dizer que você deve estudar essa quantidade, porém, deve ficar claro para você que quantidade é sim muito importante, que longas horas sentado na sua cadeira, no isolamento do seu local de estudos, foram, são e continuarão sendo a fórmula mais certeira para obter a aprovação em qualquer concurso público.


Ao invés de ficar se preocupando com "quantas horas você deve estudar por dia" e fazendo perguntas do tipo "eu estudo 5 horas por dia, será que dá pra ser aprovado?", tenha mais atenção na sua eficiência. Você realmente está estudando quando diz que está? Quanto tempo você perde com besteiras, com redes sociais, por exemplo? Você está melhorando a sua base? Está realizando a sequência correta de estudos (teoria - exercícios básicos - revisão - complemento - exercícios complementares - revisão constante) ou assiste uma aula pela primeira vez e já quer sair fazendo questões complexas? Você utiliza todas as ferramentas que estão a sua disposição? Você está adaptando os seus estudos para a sua realidade e para as suas necessidades?


Bom, pense bem sobre todas essas questões, tenha paciência e certamente você irá, cada vez mais, tornar-se um aluno mais eficiente (lembre-se que isso não vai acontecer da noite para o dia).


Dá uma conferida no vídeo abaixo, sobre este tema, onde eu dou algumas dicas bem importantes para você:

FÉ NA MISSÃO!


1º TEN THIAGO HENRIQUE - CEO ELITE MIL

© 2019 por Elite Mil - Cursos Preparatórios. Todos os direitos reservados.

CNPJ: 28.330.809/0001-09