O Serviço Militar Obrigatório vale a pena?

Uma dúvida muito recorrente entre os jovens do sexo masculino que querem seguir carreira militar e que se alistam nas Forças Armadas é saber se o serviço militar obrigatório vale a pena ou não. E para te responder essa pergunta, em primeiro lugar, preciso que você entenda a diferença entre um militar temporário e um de carreira.


Basicamente, o militar temporário é aquele que ingressa nas Forças Armadas (Exército, Marinha ou Aeronáutica) através do alistamento militar obrigatório ou de um processo seletivo. Esses militares, como o próprio termo já diz, ficarão temporariamente na situação de militar, por um período máximo de 8 anos e ao final desse prazo deixarão as Forças Armadas e passarão a condição de militares reservistas, deixando de receber os seus salários mensalmente (reserva não-remunerada).


Já os militares de carreira são aqueles que ingressam nas Forças Armadas através de Concurso Público. Desse modo, após realizarem a sua formação em uma Instituição de Ensino Militar (como a ESA, EsPCEX, AFA, EEAR, etc.), eles dão início às suas carreiras como Oficiais ou Sargentos e após um período de 35 anos de serviço poderão passar para a condição de reservistas, recebendo integralmente os seus salários mensalmente (reserva remunerada).


Inclusive, eu recomendo que você veja o vídeo abaixo, principalmente se você é ou pensa em se tornar um militar temporário nas Forças Armadas. Já aproveita e se inscreve no nosso canal para ficar por dentro de várias informações relacionadas à Carreira Militar.

Sendo assim, como disse anteriormente, muitos jovens se perguntam se vale a pena ingressar nas fileiras das Forças Armadas através do alistamento militar obrigatório se o seu objetivo é se tornar um militar de carreira.


Por exemplo, vale a pena servir como Soldado do Exército Brasileiro se o seu sonho é ser aprovado no Concurso da Escola de Sargentos das Armas e se formar um Sargento Combatente de Carreira do Exército?

Logicamente que não existe uma resposta padrão para essa pergunta e cada caso deve ser analisado de forma particular, porém, a minha opinião é a de que NÃO, não vale a pena ingressar como um militar temporário se o seu objetivo é se tornar um militar de carreira. E o principal motivo disso, na minha visão, é que você acabará perdendo muito tempo que deveria estar se dedicando à sua preparação por estar envolvido em atividades como instruções, campos, serviço, dentre outras que são comumente realizadas nos quartéis.


Detalhe importante: eu não estou dizendo que você não deve ser alistar, pois o alistamento é obrigatório no Brasil para jovens do sexo masculino que completam 18 anos ou que o serviço militar é algo ruim. Não, não é nada disso. Você deve se alistar, porém, na minha opinião, se o seu foco é ser um militar de carreira, você não deveria ser voluntário para realizar o serviço militar, pois, isso certamente irá afetar negativamente a sua preparação para enfrentar um Concurso Militar.


No vídeo abaixo, inclusive, eu abordo a minha opinião de forma mais incisiva e explico o meu ponto de vista para você!



Veja o vídeo acima, pense bem sobre o seu futuro e analise com cuidado os passos que irá tomar, pois, se o seu sonho é se tornar um militar de carreira, você deverá se preparar para enfrentar concursos militares que, ano após ano, tornam-se cada vez mais concorridos e que envolvem não somente a sua preparação intelectual, mas também física e mental.


E se o seu sonho é se tornar um militar de carreira das Forças Armadas, conte com o Elite Mil para te ajudar a chegar lá! CLIQUE AQUI e conheça os nossos cursos preparatórios 100% on-line para os principais concursos das Forças Armadas.


Espero que este post tenha sido proveitoso para você! Deixa abaixo o seu comentário e me diz o que achou! Um grande abraço!


FÉ NA MISSÃO!

0 comentário