O porte de Armas de Fogo para Alunos e Cadetes em Escolas de Formação das Forças Armadas

Muitos candidatos, que estão se preparando para enfrentar os principais concursos para ingresso em Escolas de Formação Militar das Forças Armadas, me perguntam sobre a possibilidade de, um vez ingressando nestas instituições de ensino, terem o direito à portarem armas de fogo. Sendo assim, o intuito desde pequeno post é, além de responder esta pergunta, te mostrar como funciona o processo para compra, registro e porte de uma arma de fogo, por militares das Forças Armadas, precisamente do Exército Brasileiro.

Em primeiro lugar, você deve saber que NÃO, NÃO É POSSÍVEL se obter a posse ou porte de arma de fogo enquanto você estiver na sua formação em uma Escola Militar, seja ela EsSA, EsPCEX, AFA, EN, etc. Isso não quer dizer que, APÓS FORMADO, o militar não tenha esse direito, porém, durante a sua formação, isso não é permitido.


Durante a formação, mesmo tendo instruções de manuseio, uso e manutenção de diversos armamentos, sobretudo nos calibres 9mm, 5.56mm e 7,62mm, os alunos e cadetes do Exército, Marinha e Aeronáutica não podem adquirir armas particulares ou utilizar armas da Força a qual pertencem em atividades que não sejam relacionadas ao serviço ou instrução. Após formados, tanto os Oficiais quanto os Sargentos de Carreira poder iniciar procedimentos administrativos que lhes permitam possuir e portar uma arma particular, sendo que as legislações que regulam a posse e porte de armas de fogo para Oficiais e Sargentos das Forças Armadas apresentam algumas diferenciações.


Assista os dois vídeos abaixo e entenda melhor e com mais detalhes como funciona a posse e porte de armas de fogo para militares das Forças Armadas:



BRASIL ACIMA DE TUDO!

DEUS ACIMA DE TODOS!

FÉ NA MISSÃO!

© 2020 por Elite Mil - Cursos Preparatórios. Todos os direitos reservados.

CNPJ: 28.330.809/0001-09