Leões andam com leões! Escolha bem as suas referências!


Se você acompanha o nosso Canal no Youtube viu que, recentemente, venho falando bastante sobre uma frase que descobri, por intermédio do Professor/Empresário Evandro Guedes, do Canal Fábrica de Valores e que originalmente é atribuída à um dos Maiores Mestres do Jiu Jitsu Brasileiro, Carlson Gracie:


“Se você quer ser um campeão, lembre-se: leões andam com leões, hienas com hienas e elefantes com elefantes. Eles não andam juntos.”



Essa é uma frase muito impactante, que me faz pensar muito sobre as escolhas que fazemos em nossas vidas, as pessoas que permitimos que nos influenciem e as consequências que isso nos causa. Lembro bem que há algum tempo fiz um vídeo, em que falei sobre essa questão, pois acredito piamente em uma outra frase muito conhecida que diz: "Nós somos a média das 5 pessoas com quem mais convivemos", de Jim Rohn. Veja bem, VOCÊ PRECISA ENTENDER ISSO O MAIS CEDO POSSÍVEL EM SUA VIDA!


Você se tornará alguém muito parecido com aquelas pessoas com que convive por mais tempo! Se você escolher errado, por modismo ou simplesmente para agradar ou impressionar outras pessoas ao seu redor, muito provavelmente pagará caro no futuro e, por vezes, poderá tomar decisões erradas e que te levarão por caminhos sem volta. Se você é jovem, está cursando o Ensino Fundamental ou Médio, ou até mesmo um curso de nível superior, está vivendo em uma fase onde tem que conviver constantemente com diversos sentimentos que envolvem medo, insegurança, pressões para se adequar aos demais, pressão por parte dos familiares, ansiedade, etc. Sim, eu sei, eu também já passei por isso. TODO MUNDO PASSA! O fato é que você precisa entender que as escolhas que você tomar agora, no início de sua vida, impactarão de forma avassaladora o seu futuro próximo e poderão te encaminhar para um destino altamente promissor ou para o abismo de uma vida ressentida.


DEIXA EU TE CONTAR UM SEGREDO, QUE TALVEZ VOCÊ AINDA NÃO SAIBA!


Na sua escola ou faculdade, com certeza devem existir vários grupos, não é mesmo? Existe a galera que curte estar na moda, sair, beber e até mesmo usar umas drogas de vez em quando, por que não? Em geral, esse pessoal é visto como os mais legais, os mais bacanas, os que tem sucesso, influenciam os demais e parecem estar sempre felizes. Por vezes alguns dos integrantes desse grupo são metidos, arrogantes e gostam de menosprezar os demais que não se integram ao seu grupo. Do outro lado, geralmente nas primeiras fileiras da sala, existe um pessoalzinho mais estranho, digamos, exótico. Essa galera gosta muito de estudar, curte umas coisas mais nerd e tem uns papos menos engraçados. No intervalo eles não ficam postando fotos no Instagram ou ficam se pegando por aí pelos corredores, eles se reúnem para jogar vídeo game, conversar sobre as séries que estão assistindo, em inglês para desenvolver o vocabulário, ou simplesmente ficam a sós, lendo algum tipo de coisa estranha. Esse é um pessoal bem estanho mesmo e que, muito provavelmente, segundo o pessoal mais "legal" do colégio, não terá sucesso algum na vida.


Talvez você ainda não saiba, mas eu sei e vou te adiantar uns dez anos de experiência na vida, já vi isso acontecer! No final do ensino médio, os jovens do primeiro grupo verão que existe uma coisa chamada "vestibular" e, a menos que os seus pais tenham muita condição financeira para pagar uma universidade particular, eles terão que ralar muito para conseguir uma vaga. E o grupinho estranho do colégio, aquele que não bebia, não saía e não ficava gastando o dinheiro dos pais com os melhores celulares e roupas da moda? Invariavelmente são eles que entrarão nessas vagas e, desse modo, terão chances muito melhores de ingressarem no mercado de trabalho (Não quero que você entenda que entrar na universidade é a única forma de se dar bem na vida, existem muitas outras, porém, isso não deixa de ser muito importante). E não ache que isso tem sempre ligação com a classe social dos indivíduos, pois esses grupos existem em escolas de classe baixa, média ou alta, isso é uma questão de mentalidade!


E se andarmos um pouquinho mais no tempo, alguns anos a frente? Daqui 10 anos, aquele pessoal super legal da escola, os descolados, os que se divertiam pra caramba, faziam as melhores piadas e eram sempre os mais admirados, estarão trabalhando em empregos que não gostam, ganhando péssimos salários e tendo uma vida medíocre, como a maior parte da população vive. E os nerds, onde estarão? Alguns, se tornarão profissionais referências em seus ramos de atuação, criarão conteúdos e conhecimentos de qualidade e contribuirão para o desenvolvimento de sua sociedade. Outros, mais audazes, criarão startups, pequenas empresas com enorme potencial e inovadores em seus segmentos e, provavelmente, em pouco tempo estarão gerando empregos para aquele pessoal legal do colégio. Isso mesmo!


OS DESCOLADOS SEMPRE ACABAM, DE ALGUMA FORMA, TRABALHANDO PARA OS NERDS!

Logicamente que existem muitas outras combinações possíveis para esses grupos. Nem sempre o pessoal legal do colégio se dá mal e nem sempre os nerds se dão bem, existem outros fatores. Mas o mais importante que quero que você entenda aqui é que é extremamente importante que você escolha bem as pessoas com quem vai andar, desde cedo, pois você se tornará alguém muito parecido com o seu grupo. Nós, seres humanos, somos seres coletivos e que, invariavelmente, procuramos um grupo com que nos identifiquemos e, a partir daí, tendemos à criar uma cada vez maior semelhança com os seus integrantes. PROCURE O GRUPO CERTO!


Além disso, tome muito cuidado com os conteúdos que consome! Eu não estou me referindo à comidas, roupas ou qualquer outro bem material. Me refiro às INFORMAÇÕES! MUITO CUIDADO com as informações que você permite que entrem na sua cabeça, com as pessoas que você deixa influenciar você. E a internet tem um papel fundamental nisso tudo, pois, muitas vezes, quando você não consegue encontrar na sua escola ou no seu bairro algum grupo com que se identifique, você se insere em algum tipo de comunidade digital. Isso vale para grupos de Whatsapp ou Facebook, pessoas no Instagram ou canais no Youtube, bem como sites, blogs, fóruns, etc. Muito cuidado com as informações que você consome, jovem, elas vão influenciar a sua vida muito mais do que você imagina. Se você aceitar um conselho meu, te digo o seguinte: faça, agora mesmo, uma limpeza em todas as suas redes sociais; exclua tudo aquilo que é inútil, que não te agrega valor em nada, que não te deixa mais perto de alcançar os seus objetivos e, mais do que isso, comece a seguir pessoas e grupos que tenham informações relevantes para você. Eu não estou dizendo aqui para você abandonar os seus passatempos e viver como um robô, não é isso. Estou te dizendo para ter um pensamento crítico desde cedo e procurar separar aquilo que é útil e que te eleva como pessoa, daqui que é fútil, descartável e que se for consumido de forma errada, pode se tornar numa péssima influência para você!


Abaixo você pode assistir um vídeo que fiz recentemente, onde falo um pouco sobre alguém que me influencia bastante e sobre a necessidade que temos de seguir grupos que agreguem valor em nossas vidas!



Brasil Acima de Tudo!

Deus Acima de Todos!

© 2020 por Elite Mil - Cursos Preparatórios. Todos os direitos reservados.

CNPJ: 28.330.809/0001-09