Como ser atleta na EsPCEx

Fala, combatente!


Se você pratica algum esporte ou simplesmente gosta da ideia de ser atleta durante a formação, acompanhe esse post para descobrir como se tornar um atleta na EsPCEx ou na AMAN.




Assim que todos os alunos terminam o período de adaptação na EsPCEX, começa uma seleção para montar os times de cada companhia, pois existe uma competição entre todas em meados de março, a Olimesco.


Nessa seleção, cada aluno pode se voluntariar para participar de quantas áreas quiser, para compor o time de sua companhia e disputar as competições. A Olimesco acaba sendo a principal porta de entrada para compor as equipes de cada modalidade.


Depois das Olimpíadas, os treinadores de cada modalidade escolhem os alunos que irão compor o time da EsPCEx. Esse time participa inclusive de competições em outras cidades contra equipes regionais realizando amistosos.


A próxima competição é a NAE, entre Exército, Marinha e Aeronáutica, em que participam EsPCEx, EPCAR e Colégio Naval, e cada ano é realizada em uma das 3 escolas de formação.



Por fim, após o término do ano, quando os alunos chegam na AMAN existe a competição entre as companhias do Básico (1º ano) e as Olimpíadas Acadêmicas entre as Armas para os demais anos.


Durante toda formação o atleta precisa seguir com o cronograma da modalidade esportiva, seja para os treinamentos ou para os amistosos. E durante o horário destinado para TFM reunem-se com suas equipes para treinar.


Os principais esportes nas escolas de formação são:


Basquete

Futebol

Vôlei

Esgrima

Orientação

Natação

Xadrez

Atletismo

Triatlo

Judô

Tiro

Triatlo


Se você quiser saber se é bizu ser atleta durante a formação assiste esse vídeo (e já se inscreve no nosso canal!)


Mas não se esqueça que para ser um atleta durante a formação e participar das competições, receber medalhas e ter a possibilidade inclusive de viajar com seu time para competir, você precisa ser aprovado no concurso. Para isso, faça parte da Tropa Elite Mil e conte com o nosso suporte!


Fé na missão!

0 comentário