A vida do Cadete na AMAN

Se você sonha em seguir carreira militar, com certeza já ouviu falar na Academia Militar das Agulhas Negras, a única escola de formação de oficiais combatentes de carreira do Exército Brasileiro, que fica localizada na cidade de Resende - RJ. Lá na AMAN é dada continuidade na formação do aluno oriundo da Escola Preparatória de Cadetes do Exército e, após um total de 5 anos de formação, o cadete é declarado Aspirante a Oficial do Exército, sendo enviado para os diversos batalhões espalhados pelo Brasil (saiba mais sobre o sistema de transferências do Exército nestes vídeos 1, 2 e 3).


Mas como é a formação dos futuros líderes nesta Unidade de Elite do Exército Brasileiro ?

A rotina de formação dos Cadetes da AMAN é muito intensa e os futuros oficiais realizam diversas atividades que tem como objetivo, desenvolver as suas capacidades de liderança e raciocínio, em um ambiente regido pelos dois pilares do Exército Brasileiro: a hierarquia e a disciplina.

Na AMAN, os cadetes se dividem basicamente entre duas vertentes do ensino militar bélico: ensino acadêmico e instruções militares. Essas duas partes se complementam e integram o arcabouço de disciplinas, valores e conhecimentos que formam a base dos conhecimentos exigidos para que o cadete da AMAN possa vir a ser declarado Aspirante a Oficial.


ENSINO ACADÊMICO


Os conhecimentos acadêmicos na AMAN são transmitidos através de aulas ministradas por uma equipe de professores amplamente experiente e capacitada, composta por militares da ativa, reserva (aposentados) e também civis. Dentre as disciplinas estudadas na AMAN, durante os 4 anos de formação, destacam-se: Português, Economia, Direito, Geopolítica, Estatística, Inglês, Espanhol, Relações Internacionais, Química, Cibernética, Filosofia, Sociologia, Metodologia do Ensino Superior e Iniciação à Pesquisa Científica. Todas essas disciplinas são de fundamental importância para a formação do futuro oficial do Exército e integram a base curricular do curso de Bacharelado em Ciências Militares, no qual todo Aspirante a Oficial da AMAN é diplomado. O setor responsável por planejar, controlar e coordenar o ensino na AMAN é a DIVISÃO DE ENSINO, composta por militares com ampla experiência no Ensino Militar e que, de maneira exemplar, desenvolvem, continuamente, a formação militar dos futuros líderes da Nação, elevando o nome da Academia Militar da Agulhas Negras entre as 5 melhores academias de formação militar do mundo.


INSTRUÇÕES MILITARES


Além das disciplinas acadêmicas, os cadetes recebem uma carga gigantesca de instruções militares, que visam capacita-los a comandar suas frações nas diversas possibilidades de emprego real da Força Terreste, aprendendo conceitos do combate convencional e da guerra irregular. No 1º ano da AMAN, durante a realização do Curso Básico, os cadetes dão continuidade, em um grau de maior complexidade, às instruções individuais básicas recebidas na EsPCEX, além de receberem instruções que serão fundamentais para o prosseguimento de suas formações na Arma, Quadro ou Serviço que escolherem. Neste primeiro ano da formação militar na Academia Militar das Agulhas Negras, é realizado o Estágio Básico do Combatente de Montanha, ministrado pela Seção de Instrução Especial da AMAN, a "famosa SIESP de Montanha". Neste estágio, os cadetes recebem as primeiras instruções operacionais em ambiente de montanha e, ao final de uma semana de instruções e após serem avaliados em diversas provas, podem ser brevetados com o breve de MONTANHA e usa-lo em seus uniformes a partir de então. Após se formarem na AMAN, os aspirantes podem ser transferidos para um Batalhão Especializado em Operações em ambiente de montanha e, desse modo, realizarem outros cursos e estágios operacionais, como o Curso de Guia de Montanha.

O estágio básico do combatente de montanha é o maior "farol" operacional dos cadetes do 1º ano da AMAN.

No início do 2º ano de formação na AMAN ocorre um momento muito especial e marcante na vida de todo militar de carreira do Exército Brasileiro: a escolha da Arma, Quadro ou Serviço (A/Q/S). Nesse momento os cadetes tem a enorme responsabilidade de escolherem entre as armas de Infantaria, Cavalaria, Engenharia, Artilharia e Comunicações, o Quadro de Material Bélico e o Serviço de Intendência (por enquanto, as cadetes só podem escolher Material Bélico ou Intendência). Se você quer saber mais sobre a Escolha da Arma, Quadro ou Serviço na AMAN, não deixe de assistir esse vídeo!


Durante o 3º e 4º anos da AMAN os cadetes realizam a sua especialização, já dentro da A/Q/S que escolheram, onde terão a possibilidade de realizar também cursos e estágios operacionais (veja este vídeo sobre os cursos e estágios operacionais que os cadetes da AMAN podem realizar) para chegarem na tropa, após os 5 anos de formação militar, já capacitados e especializados, aptos a comandar suas frações nas diversas formas de emprego que o Exército estiver envolvido. São diversas atividades teóricas e práticas, realizadas durante um ano letivo intenso e puxado e que tem como objetivo desenvolver as características de liderança e os conhecimentos necessários para que os futuros líderes da AMAN consigam explorar ao máximo o seu potencial em prol do Exército e também da nação.


Além da SIESP de Montanha, os cadetes também realizam, no 2º, 3º e 4º anos de sua formação, respectivamente, os estágios de Adaptação à Vida na Selva e Técnicas Especiais, Patrulhas de Longo Alcance e Guerra Irregular, ministradas por instrutores possuidores dos melhores cursos operacionais do Exército Brasileiro, como o Curso de Comandos, Forças Especiais e Guerra na Selva (CIGS). Uma parte fundamental da formação do futuro oficial é realizada também na Seção de Tiro da AMAN, local onde os cadetes aprendem desde os princípios fundamentais do tiro, até técnicas mais avançadas de tiro de ação reflexo, por exemplo. A seção de tiro também é a responsável por coordenar os treinamentos das equipes de tiro esportivo da AMAN que, tradicionalmente, revelam militares atletas que participam e são destaque em competições militares e civis, em âmbito nacional e internacional, bem como pela aplicação das diversas provas práticas de tiro. Todos os cadetes da AMAN também recebem instruções de equitação, ministradas pela Seção de Equitação da AMAN e que têm como objetivo, desenvolver atributos da área afetiva nos cadetes através do contato com os cavalos. Os cadetes que escolherem se especializar na arma de Cavalaria terão instruções mais avançadas e poderão dedicar mais tempo de sua formação às atividades de equitação. Além das instruções, a Seção de Equitação também é a responsável por coordenar os trabalhos das equipes esportivas de equitação da AMAN que, da mesma forma que com o tiro esportivo, revelam muitos atletas que performam de maneira brilhante em competições de nível nacional e internacional.

As instruções de equitação na AMAN visam desenvolver atributos da área afetiva inerentes ao Oficial Combatente de Carreira, como a coragem, liderança e perseverança.

Um atributo fundamental para todos os militares, sobretudo aquele que trabalharão diretamente no comando de frações e que, portanto, devem estar sempre em condições de serem exemplos para os seus comandados, é a resistência física. Pensando nisso a Seção de Educação Física da AMAN (SEF) desenvolve continuamente as atividades de Treinamento Físico Militar e coordena os treinamentos e atividades das diversas equipes desportivas em que os cadetes podem participar. Na AMAN, além das equipes de tiro e equitação, existem equipes de Atletismo, Judô, Esgrima, Natação, Futebol, Triatlo, Pentatlo, Basquetebol, Voleibol, dentre outras e todas as atividades são desenvolvidas, orientadas e fiscalizadas de perto por Oficiais e Sargentos formados na Escola de Educação Física do Exército, a EsEFEX (os chamados "calção preto"), instituição renomada em nosso país e também internacionalmente na formação de profissionais educadores físicos e no desenvolvimento de pesquisa e doutrina aplicada às mais diversas modalidades desportivas. Além disso, a SEF é a responsável pela aplicação dos Testes de Aptidão Física na AMAN, que contemplam diversas modalidades, de acordo com o ano de formação, como corrida, barra, flexão, natação e salto da plataforma.


Como você deve ter percebido, a formação do Cadete da AMAN agrega diversos conteúdos que visam desenvolver o futuro oficial tecnicamente, fisicamente e, acima de tudo, moralmente, com o objetivo maior de entregar ao Exército profissionais capacitados e que irão desempenhar funções de extrema relevância nas mais diversas Organizações Militares espalhadas pelo Brasil. Se você quer saber mais sobre a formação do Oficial Combatente de Carreira do Exército Brasileiro, não deixe de assistir esse vídeo abaixo!


A VIDA DO CADETE NA AMAN


Ficou com alguma dúvida? Deixe o seu comentário abaixo que ficarei muito feliz em te ajudar!


Me siga também lá no Instagram: @thiagohenrique_elitemil


BRASIL ACIMA DE TUDO!

DEUS ACIMA DE TODOS!